Bicho, Fatos e Curiosidades, Pet, Pet Bicho Animal

Bichos exóticos como animais de estimação

Hannah Haywood tem 23 anos e mora na cidade de FarnWorth, no Reino Unido, com um gambá. A britânica batizou o seu wild pet de Einstein. Ele só tem três anos de idade, mas é uma companhia inseparável: até viagens ele faz com ela.

Curioso também é o caso da norte-americana Christie Carr. Ela tem um canguru — !!! Em sua casa em Broken Arrow, no estado de Oklahoma, nos Estados Unidos, ela diz que eles vivem em perfeita harmonia. Irwin chegou quando Christie estava numa depressão severa e, graças ao animal, se recuperou em seguida.

Um ganso foi adotado como animal de estimação por um chinês que vive na capital de Pequim. Tudo começou quando ele, o dono, encontrou ele, o ganso, perdido na rua. A simpática ave tem até carteira de identidade!

Yes, nós (também) temos bichos exóticos! Em São Paulo, uma moradora dos Jardins passeia com seu porco de estimação todas as manhãs. Ele ainda revela: “Ele é muito limpinha. Não sobe no sofá e não suja o apartamento. Tudo que tem pra fazer, faz na rua”.

Em alguns lugares do mundo, a domesticação de animais selvagens é um hábito muito comum. Na Austrália, por exemplo, o governo ajuda financeiramente na adoção de cangurus e coalas que perderam os seus pais em algum acidente. Mas não esqueça que esses animais precisam de cuidados veterinários. O porco, por exemplo, deve ser vacinado contra leptospirose e erisipela suína nas primeiras 6 semanas de vida. Quando for domesticado, o reforço deve ser anual. Por isso, é imprescindível a consulta com veterinário — mesmo se o seu animal não for doméstico.

Será que essa moda pega: ter, dentro de casa, os bichos que costumávamos ver no zoológico ou soltos na natureza?

Fonte: Greenvana

Postagens Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.