Fatos e Curiosidades, Pet, Répteis

Répteis raros e bizarros que você precisa conhecer

Répteis raros e bizarros que você precisa conhecer 1

Os répteis não formam a espécie animal mais querida ou admirada pelas pessoas. Geralmente, os seus indivíduos ou causam medo ou causam repugnância.
Mas há que se reconhecer que muitos répteis têm características incríveis e muitos deles podem até ser bonitos, coloridos e nos oferecerem uma sensação de conexão com a era dos dinossauros. Alguns deles ainda se destacam por serem um tanto estranhos. Confira abaixo quais são eles.

Lagarto “Homem-Aranha”

Répteis raros e bizarros que você precisa conhecer 2
Tá aí um lagartinho que muitos fãs de super-heróis gostariam de ter! O lagarto-agama (Agama mwanzae) é um dos répteis mais espetaculares do planeta e desenvolve uma coloração brilhante no rosto e no corpo durante as partes mais quentes do dia. A disputa de território pelos machos também pode fazer com que a coloração mude.
O mais curioso é que o contraste entre um rosto vermelho e azul brilhante do corpo levou este animal a se tornar uma espécie de celebridade, tornando-se conhecido como o “lagarto Homem-Aranha”. Esses animais podem medir até 38 centímetros de comprimento e se alimentam de uma grande variedade de insetos.

Iguana Marinha

 

Répteis raros e bizarros que você precisa conhecer 3

A iguana marinha de Galápagos é um réptil altamente adaptado que se alimenta de algas. As criaturas podem ser vistas à espreita nas rochas entre as praias das ilhas remotas. A coloração das iguanas marinhas inclui uma ampla gama de marrons, tons rosados e verdes que se destacam entre as rochas.
Os répteis são os únicos lagartos do mar do planeta e representam um dos casos mais estranhos de adaptação em todo o mundo. As iguanas marinhas nadam como crocodilos e usam seus dentes afiados para colher fios de algas das pedras. Charles Darwin não era um fã desses animais esteticamente, descrevendo-os como “bestas horríveis”.

Gavial

Répteis raros e bizarros que você precisa conhecer 4

Só de olhar para esse animal já nos sobe aquele frio na espinha.
Medindo até seis metros de comprimento, o gavial é um crocodilo imponente e enorme, mas apresenta pouca ameaça para os seres humanos. Com um focinho estreito e protuberante na ponta, esta criatura se alimenta quase exclusivamente de peixes em vez de presas maiores como os outros crocodilianos.
Entretanto, o Gavial depende 100% das condições do seu habitat. Se a água do seu rio estiver poluída ele morre. Simples assim. Por isso o animal enfrenta o perigo de extinção, onde, no cenário atual, existem menos de 300 no mundo todo, ocupando agora apenas dois por cento de sua escala anterior em todo o subcontinente indiano, onde vive a maioria dos exemplares.
A adaptação dos animais envolve métodos de alimentação específicos que exigem o desenvolvimento de uma nova abordagem ao longo do tempo. Crocodilos e jacarés usam a força bruta e uma grande mordida esmagadora, mas uma espécie desenvolveu uma abordagem mais refinada.
 

Víbora Rinoceronte

Répteis raros e bizarros que você precisa conhecer 5

Ela é nativa da África e é uma das mais venenosas do continente. O veneno possui efeito hemotóxico, atacando o sistema circulatório: hemorragia interna, decomposição dos tecidos, falência múltipla dos órgãos e depois a morte. Esse incrível réptil mortal pode viver até os 15 anos, sendo um animal noturno.
Uma víbora é reconhecida pela variedade de cores; elas podem ter cores no vermelho, amarelo, marrom, cinza, preto, branco e por aí vai.
Mas o que mais chama a atenção nessa cobra é a sua aparência. Além das cores, essa víbora possui “chifres” na ponta do seu nariz, tornando-a reconhecível a primeira vista.
As víboras estão entre os predadores mais temidos do planeta. Estas serpentes venenosas se alimentam de presas pequenas, mas muitas interações humanas já tiveram consequências perigosas e até letais.
A víbora rinoceronte é uma das mais belas cobras do mundo.
Medindo cerca de um metro de comprimento, esses répteis são vagarosos e muito mais “obesos” que as cobras comuns, criando uma aparência pesada e imponente. 

Cobra-Borracha

Répteis raros e bizarros que você precisa conhecer 6

As cobras-borracha têm a capacidade de controlar a sua temperatura, o que é incomum para os répteis. Ela é considerada uma serpente pequena, chegando a, no máximo, 45 centímetros de comprimento, mas o seu tempo de vida é longo, podendo alcançar até 70 anos de idade.
Apelidada de “serpente de duas cabeças”, a cobra-borracha tem uma cauda alargada que pode ser usada como um chamariz para a defesa. A cauda pode também carregar cicatrizes de mordidas de ratos devido ao uso para afastar os roedores adultos enquanto a serpente ataca os ninhos com ratinhos jovens.

Serpente-Dragão

Répteis raros e bizarros que você precisa conhecer 7

A serpente dragão é uma espécie rara, completamente noturna, que se alimenta quase exclusivamente de sapos. A criatura é facilmente distinguível por suas escamas bizarras que lhe dão uma aparência cravejada, parecendo, de fato, como um dragão mitológico.
A cobra é considerada como uma espécie mais primitiva, tendo esse conjunto único de escamas que incluem partes perfurantes e salientes ao longo do corpo da cobra. A serpente-dragão é nativa da Tailândia, Birmânia e Indonésia, e está começando a atrair mais atenção da comunidade científica devido à sua aparência bizarra e fascinante.

Tartaruga Mata-Mata

Répteis raros e bizarros que você precisa conhecer 8

Mais uma tartaruga na nossa lista, mas essa aqui é 100% brasileira. A Tartaruga Mata-Mata vive na Amazônia, nas bacias de água doce que se espalham por todo o país e até para fora, correndo pela América do Sul.
O mais impressionante nesse animal é a aparência… é lógico. Ela mais parece um pedaço de casca ou folha gigante. Esse magnífico réptil tem a incrível habilidade de camuflar-se, tanto na superfície, quanto no fundo dos rios.
Essa tartaruga é um tanto diferente das outras, sendo encontrada na Amazônia. Pertencente à família Chelidae, ela habitas águas doces e é um animal carnívoro que se alimenta de invertebrados aquáticos e peixes, que consegue alcançar facilmente com seu pescoço mais alongado e, com suas mandíbulas poderosas.
A força da mordida e seu efeito sobre os seres humanos são pouco conhecidos, mas nós não recomendamos o encontro. Outra característica que a diferencia das tartarugas (e cágados) comuns é a sua cabeça grande e achatada, que tem algumas protuberâncias e um “chifre” em seu focinho longo e tubular.

Lagarto sem Pernas

Répteis raros e bizarros que você precisa conhecer 9

Na natureza, algumas coisas não são o que parecem. Seria perfeitamente compreensível para você ver um lagarto sem patas e acreditar ser uma cobra. Medindo até 1,20 metros de comprimento, o lagarto sem pernas europeu tem habilidades de caça e uma mordida tão poderosa que lhe permite derrubar uma grande variedade de presas.
Apesar da falta de pernas, os traços de lagartos, como listras longitudinais, as aberturas da orelha por trás dos olhos e uma cabeça visivelmente achatada permanecem. Esses lagartos se alimentam de caracóis e outros pequenos animais.

Tartaruga-de-Carapaça-Mole-Chinesa

Répteis raros e bizarros que você precisa conhecer 10

Diferente das outras tartarugas, que geralmente têm o casco bastante duro e resistente, essa tem a carapaça deficiente de escudos. A carapaça é de couro e maleável, principalmente nas laterais. A parte central da carapaça tem uma camada de osso sólido por baixo, assim como em outras tartarugas, mas isto está ausente nas extremidades exteriores.
Apesar disso, essa característica faz com que essas tartarugas se movam mais facilmente na água ou em solo lamacento. As tartarugas podem atingir um comprimento de pouco mais de 30 centímetros e caçam uma grande variedade de presas.
Elas ainda ostentam uma adaptação física particularmente bizarra: a capacidade de urinar através de suas bocas. Este método evita a perda de água e acúmulo excessivo de sal e ajuda as tartarugas vivem em seu ambiente de água salobra.

Tartaruga Mary Rivers

Répteis raros e bizarros que você precisa conhecer 11

Essa tartaruga está na lista dos animais mais vulneráveis do mundo, segundo a revista Zoological Society of London. Esse réptil magnifico possui muitas características que o fazem ser único no mundo. Ela é encontrada no rio Mary, em Queesland, na Austrália.
A começar por esse “cabelo” verde, que faz o animal parecer um punk maluco. Na verdade essa coisa verde são algas que crescem por todo o seu corpo, devido o tempo que a tartaruga passa submersa (até 3 dias).
Além disso, esse incrível animal pode respirar pelos genitais. Os órgãos contidos dentro da cloaca, parecidos com guelras é que permitem essa respiração duradoura.

Lagarto Tatu

Répteis raros e bizarros que você precisa conhecer 12

Um animalzinho extremamente exótico, onde a média de tamanho chega aos 20 centímetros. Esses répteis habitam o sul da África e possuem escamas por todo o corpo que os protegem.
O mais interessante nesses bichos é que, quando ameaçados, eles se enrolam. Se dobram, onde consigam morder a calda para conseguirem ficar na posição e ficam daquele jeito. Daí o nome “tatu” ou “tatuzinho”. Eles fica enrolados e suas escamas pontiagudas se armam para protegerem eles… algo muito legal para ver.

Camaleão-de-Jackson

Répteis raros e bizarros que você precisa conhecer 13

Esse camaleão possui aproximadamente 30 centímetros e é uma espécie nativa das florestas úmidas do leste da África. Em 1970 os humanos conseguiram introduzir ele no Hawaii e depois outros países conseguiram o bichinho também, fazendo ele de mascote.
O que mais chama a atenção e difere ele dos demais da espécie são os seus 3 chifres e um focinho elevado. Os chifres ajudam na disputa por território e por fêmeas.

Tartaruga de Focinho-de-Porco

Répteis raros e bizarros que você precisa conhecer 14

Essa tartaruga com certeza é diferente de qualquer outra que você já tenha visto (a não ser a Mata-Mata). Por que digo isso? Ora, basta olhar para o rosto desse réptil e logo notar que algo de errado não está certo. Certo?
Bem, à primeira vista logo notamos que seu casco é igual às nadadeiras; depois olhamos para o nariz e observamos que ele é compridinho, igual ao de um porco. Parecem dois canudos. E o que faz diferente da maioria das tartarugas é que ela é de água doce.
Esse réptil aqui possui mais de 140 milhões de anos, onde vem passando por evoluções e mais evoluções.

Dragão Frilled

Répteis raros e bizarros que você precisa conhecer 15

Nossa colega aqui é um dos poucos animais jurássicos que ainda resistem em pleno século XXI. O Dragão Frilled é encontrado na Austrália (tinha que ser) e Nova Guiné. Também é chamado de Dragão Babado ou Lagarto de Pescoço Achatado.
O que mais impressiona nesse animal aqui são as suas abas que ficam no pescoço. Quando esse réptil se sente ameaçado, precisa lutar por território ou por alguma fêmea, ele abre as abas e o “pau come”. É um animal extremamente forte e agressivo e encontra-se em extinção. Atualmente os cientistas lutam com todas as forças para que ele retorne à natureza.

Cobra Nariz de Folha

Répteis raros e bizarros que você precisa conhecer 16

A cobra-nariz-de-folha é uma das espécies que só existem na ilha de Madagascar. Porém, esse é um dos répteis mais bizarros do lugar, pois sua aparência é ímpar. Logo notamos que sua cabeça é diferente de todas as cobras que existem no mundo.
Esse réptil vive no alto das árvores, enrolada nos galhos; ela possui apêndices nasais bem diferentes do que estamos acostumados a ver. Nota-se que o nariz dela é um pouco maior que o das cobras em geral e mais achatado, daí o nome dela.
Algo bem legal nessa espécie é que eles possuem um dimorfismo sexual muito bacana. Ou seja, podemos reconhecer uma fêmea pelo nariz, isso mesmo; as fêmeas possuem saliências nasais mais elaboradas e serrilhadas, já os machos têm apêndices mais longos e pontudos.

 

Fontes: MegaCurioso e MundoInverso

 

 

 

Postagens Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.