Aves, Bicho, Fatos e Curiosidades, Pet

Tudo sobre o Canto dos Pássaros

As variedades de cantos são infinitas, variando conforme espécies e situações específicas do cotidiano das aves. Alguns pássaros cantam com muita frequência e ininterruptamente e outros alternam cantos e são mais econômicos em apresentar seus sons.
Existem aqueles tão raros e, de certa maneira, até inacessíveis, que apenas pesquisadores e gravações conseguem ouvi-los, assim como há os que vivem em grandes centros e muitas vezes nos acostumamos em escutar seus cantos que nem nos chamam a atenção.
De qualquer maneira todos encantam e são estudados com profundidade pelos pesquisadores.

O canto dos pássaros pode ser identificado como uma das grandes maravilhas, que a natureza reservou para nosso encanto. E traz muitos benefícios a todos que estiverem expostos a seus sons, como por exemplo, nos ajudando a despertar com muito mais alegria e disposição. Contudo, por mais que todo mundo já tenha curtido as notas cantadas por um passarinho, elas ainda geram muitas dúvidas.
Por que as aves cantam? É uma prática exclusiva dos machos? Para que servem esses cantos? Se você busca a resposta para essas perguntas, está com sorte! Separamos alguns fatos incríveis sobre o canto dos pássaros!

Por que os pássaros cantam?

Ninguém consegue ignorar um belo canto de pássaros, não é mesmo? E quando lembramos que as aves são pequenas e delicadas, é comum imaginar a função do canto. Afinal, a maioria dos animais menores prefere se esconder do que chamar toda a atenção para si.
Então por que os pássaros cantam? Bom, de acordo com estudos, na natureza, as músicas estão associadas principalmente a duas atividades: chamar a atenção do sexo oposto ou afastar predadores.
Claro, algumas espécies cantam por motivos distintos. No entanto, na maioria das vezes, o canto de pássaro é um galanteio ou uma provocação. De uma forma ou de outra, um passarinho cantando realmente quer ser o centro das atenções!

O canto dos pássaros se mantém o mesmo?

O canto dos pássaros sofre mudanças ao longo de suas vidas. Essa é uma conclusão de estudiosos das aves e que identificaram, até o momento que nem todas as espécies apresentam variações de cantos em suas existências.
Alguns pesquisadores afirmam que a variação do canto pode ser comparada a que ocorre com o homem, que sofre mudanças ao longo de seu crescimento, assim como por motivos de adaptações, principalmente para espécies que efetuam migrações, onde o canto acaba sofrendo variações.
Existem dois fenômenos que são observados com bastante frequência que são os filhotes não cantarem e sim emitirem sons para chamar a atenção dos pais para que sejam alimentados.
Outro aspecto é que os pássaros tendem a emitir sons mais curtos, com menos notas, durante os períodos de inverno e que são emitidos apenas para alertas, ou aviso de alimentos no local.

Pássaros têm sotaque

Você pode até não perceber, mas as aves também têm sotaque! Por isso, aves de uma mesma espécie terão um canto semelhante. No entanto, especialistas estudaram o canto de pássaro silvestres e de outros exemplares de diferentes locais e, a partir dessa pesquisa, descobriram que o canto pode variar em alguns aspectos!

Um passarinho cantando é, na maioria das vezes, um cavalheiro

Este é um fato já bastante conhecido entre os amantes das aves. Entre os pássaros cantantes, na maioria das vezes, é o macho o responsável pelas belas músicas que ouvimos.
O canto dos pássaros é, geralmente, um galanteio feito pelo macho para atrair fêmeas para reprodução. Algumas espécies de fêmeas podem abrir o bico e soltar belas melodias, mas esta é uma raridade no mundo animal.

Os pássaros precisam aprender a cantar

Pode até não parecer, mas os pássaros também precisam aprender a “cantar como passarinhos”. Apesar da capacidade natural das aves, elas não nascem já sabendo cantar.
Para poderem reproduzir com maestria a melodia característica de sua espécie, elas precisam, antes, aprender com um pássaro mais velho. Por isso, é muito comum que os tutores coloquem gravações de pássaros cantando próximas ao seu pet. É uma maneira de ensinar seu amigo voador a cantar.

Os pássaros podem aprender outras canções

E não é só a canção típica de sua espécie que os pássaros cantores aprendem. Algumas espécies são especialistas em reproduzir sons e podem, inclusive, adaptar parte da melodia de outra ave.
Essa é uma prática comum em espécies migratórias. Como voam para diferentes regiões, ficam com um repertório bastante vasto. Assim, seu canto de passarinho será variado e com diversas interpretações e adaptações de outras músicas.

     
     

Existe um órgão especial para o canto

A vida não é fácil para um cantor. Mesmo os mais talentosos precisam treinar e ensaiar para se tornarem grandes profissionais. Entretanto, para os pássaros o caminho é mais fácil. Algumas aves possuem um órgão especial chamado siringe, dedicado exclusivamente à vocalização.
As espécies com siringe são consideradas pássaros cantores. No entanto, não é porque a ave é considerada cantora que ela irá cantar bem. Pássaros como o ganso, pato e cisne são considerados cantores, pois possuem a capacidade de vocalizar. Seu canto, no entanto, está bem longe de ser uma música para nossos ouvidos.

As composições dos pássaros são muito complexas

Os pássaros não são apenas excelentes cantores. Nossos amigos voadores também são ótimos compositores. Estudiosos do canto dos passarinhos explicam que algumas espécies possuem melodias muito complexas, com diversas notas em apenas alguns segundos.
As características da siringe – órgão especial para o canto – permitem que algumas espécies cantem mais de uma nota ao mesmo tempo. Esse tipo de habilidade é quase exclusiva dos pássaros e é muito difícil de ser reproduzida.

Pássaros só cantam quando estão saudáveis

Cantar é algo natural para algumas espécies de pássaro. Elas cantam sem precisar de treino ou de estímulo, já que elaborar belas melodias é algo comum para elas. Porém, veterinários especialistas na área reforçam: os pássaros só cantam quando estão saudáveis.
Caso o pássaro esteja com um problema de saúde, fome, sede ou estresse, ele não irá cantar. Por isso, tutores que desejam ouvir o canto dos pássaros devem oferecer boas condições para seu amigo, como um espaço confortável. Gaiolas pequenas ou sujas também atrapalham, pois a ave pode ficar depressiva.

Quais os cantos mais comuns?

O canto dos pássaros não nos é algo estranho, mesmo com o processo de urbanização dos grandes centros urbanos. inclusive, alguns deles são bastante comuns por se integrarem as cidades ou interiores com uma frequência bastante grande.
Pássaros muito apreciados e criados em cativeiro que são bastante procurados por criadores, assim como aqueles que transitam livremente tanto no campo como nas cidades.

Podemos relacionar alguns exemplos:

  • Curió – esta ave é bastante admirada por seu belo canto e por isso mesmo muito procurada para viver em cativeiro;
  • Sabiá-Laranjeira – encanta por seu canto que é mais intenso na primavera. É um dos símbolos nacionais, e reserva um grande mistério sobre a mudança em seus hábitos de canto em grandes cidades brasileiras;

  • Coleirinha – é encantador e tem um canto muito lindo. Ave bastante desejada por criadores;

  • Bem-te-vi – este, talvez, seja o mais conhecido pelas crianças e são presentes na maior parte do País.

Quais pássaros que mais cantam?

Podemos citar como exemplo o pintassilgo, com seu canto potente e delicado, que se diferencia das demais aves. O canário, de canto intenso e elaborado encanta a todos.


Podemos lembrar também do melro, que é considerado um gênio do canto e impressiona por diversas variações de canto.

Quais são os cantos mais raros?

Quanto ao canto dos pássaros, alguns tipos também podem ser raros e magníficos, como os do Uirapuru. A ave, que vive na região amazônica, possui diversas lendas muito bonitas, que destacam a beleza de seu canto.
Poderíamos citar vários cantos considerados raros, mas vamos nos restringir ao do já citado uirapuru e ao Rouxinol, ave bem peculiar, oriunda das florestas da Europa e da Ásia. Vale citar que seu canto é transmitido entre gerações, ou seja: as melodias que cantam são passadas de pais para filhos. Além disso, se quisermos ouvir seu canto, devemos procurar as aves durantes os campos, e apenas na primavera.
O canto dos pássaros é um diferencial para este tipo de animal que foi desejado e adotado pelo homem, desde o início das civilizações.
Talvez os cantos de aves tenham sido os pioneiros e a inspiração para que fosse, então, aprimorado o canto humano.

 

Fontes: Blog Petz e Portal dos Pássaros

 

Postagens Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.