Roedores

Roedores Domésticos: Como Cuidar?

Coelhos
e roedores são ótimos pets,
mas precisam de cuidados diferentes. 
Cada tipo de
bicho tem uma ração específica

e precisa de uma temperatura diferente.

Em comum, eles são exigentes com a limpeza diária das gaiolas, fogem com destreza e engordam com facilidade. Mas quem quiser ter um roedor em casa tem de saber que nem todos são iguais.

Alguns ainda precisam de cuidados especiais, como explica o médico-veterinário André Grespan, mestre pela USP (Universidade de São Paulo) e responsável pela clínica Wildvet, especializada em animais exóticos.

– As chinchilas são adaptadas ao clima frio e sofrem muito com o calor, elas podem até morrer com altas temperaturas.

Outro adepto de baixas temperaturas é o coelho, que não é considerado um roedor, mas sim um lagomorfo, espécie que tem uma dentição diferente.

Todos os roedores possuem um par de incisivos na arcada dentária superior, enquanto os lagomorfos possuem dois pares.

Existem os mini coelhos, que pesam cerca de 1 kg, e os coelhos comuns, que podem chegar aos 10 kg (cada). Eles vivem cerca de dez anos. Os coelhos devem comer muitos vegetais e somente 10% de frutas, quando adultos.

Filhotes não podem comer frutas, pois não digerem bem a frutose (açúcar natural encontrado nesse tipo de alimento). O especialista lembra ainda que coelhos também não podem viver presos.

– Como são maiores, não devem ficar o dia todo em gaiolas. Isso pode levar à obesidade e ao desenvolvimento de problemas sérios nos pés e na coluna. Recomenda-se um quintal para que o animal fique solto.

Tanto os coelhos quanto os roedores possuem uma atração por fios elétricos e telefônicos, por isso eles podem se machucar gravemente, quando soltos sem supervisão.

ALGUNS
ROEDORES DOMÉSTICOS E SEUS CUIDADOS

Hamsters podem pesar de 30 g a 200 g, dependendo do tipo, e custam de R$ 20 a R$ 100. Também há os de pelos curtos e mais longos. Um animal desses vive dois anos, em média. Esse roedor deve morar só. Juntar dois ou mais pode gerar brigas e até morte.

Esse é o tipo de roedor mais sensível ao calor. As chinchilas podem morrer caso a temperatura ambiente passe dos 25°C. Elas devem viver em lugares arejados, frescos e sem sol. Chinchilas comem ração própria, e o dono deve evitar dar a ele excesso de grãos. O bicho pesa de 400 g a 800 g, vive em média dez anos e custa de R$ 100 e R$ 500, dependendo da cor. Esses animais passam o dia dormindo. Se a ideia for que o bicho brinque com crianças durante o dia, é melhor optar por outra espécie .
O esquilo-caxinguelê é um animal silvestre e, como qualquer bicho desse tipo, não é indicado que ele seja criado como se fosse doméstico. Mas quem insiste na compra vai pagar até R$ 2.000 por um bicho desses e deve exigir nota fiscal, microship e autorização do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis). Ele pode viver de seis a dez anos e come a mesma ração elaborada para gerbil ou hamster, além de algumas castanhas. Gosta muito de frutas e vegetais crus.

O esquilo-gerbil come ração própria para hamster, vegetais crus e frutas. Miúdo, chega a pesar de 65 g 100 g e vive de três a quatro anos. Esse animal pode viver em grupos, mas se reproduz rapidamente, então evita-se juntar o casal. Neste caso, também pode ser feita a castração de um deles .

O porquinho-da-índia pode até morrer caso falte vitamina C no organismo. A vitamina deve ser colocada diariamente na água do bicho. Esse animal pesa a partir de 800 g, custa em torno de R$ 50 e vive cinco anos, em média. Ele se alimenta de ração específica, come muitos vegetais, legumes e frutas, não sendo recomendadas sementes de girassol, pois podem engordá-lo, de acordo com o médico-veterinário André Grespan, mestre pela USP (Universidade de São Paulo)  e responsável pela clínica Wildvet, especializada em animais exóticos.

E lembre-se: Sempre que tiver dúvida, consulte um veterinário. 

Fonte: R7 e BusTV

Postagens Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.